29 fevereiro 2016

Especial Oscar 2016: Makes favoritas + GET THE MAKE UP!

E vamos a um dos posts mais esperados do ano (por mim, rs). 

Ontem aconteceu em LA a maior premiação do cinema, o Oscar. Tão importante quanto os prêmios, são os looks e as makes, que acabam ditando tendência e virando inspiração para o resto do ano.

Hoje eu trouxe aqui minhas makes favoritas e um Get The Make Up bem legal para vocês! Vamos lá?


A primeira make é a da linda Alicia Vikander, vencedora do Oscar de Melhor atriz coadjuvante por Danish Girl (ou A Garota Dinamarquesa). E ela foi assim (quase) do jeitinho que nasceu, hahaha.

Ela usou uma maquiagem leve, que só realçou seus pontos fortes, sem muita coisa, sem muitos produtos. Nos olhos vemos um esfumadinho com um marrom quente no côncavo, uma sombra preta rente aos cícios superiores, postiços bem naturais, rímel preto e um delineado fininho, que só se vê em fotos de lado mesmo. Na pele, um bronzer bem leve, fazendo contorno e um blush coral, com iluminado sutil na zona T e no ossinho da bochecha. Nos lábios um poquinho de gloss acetinado, quase nada mesmo. Linda!


A Brie Larson foi exatamente como eu iria sendo indicada a Melhor Atriz no Oscar: clássica. A vencedora de um dos maiores e mais esperados prêmios da noite (junto com o Leo), apostou no (clássico, básico e sem erro) smokey eye chumbo com preto e batom sua-boca-só-que-melhor. Iluminador discreto e blush na medida certa não poderiam faltar.

Dá para ver a composição de marrom, chumbo e preto com exatidão no olhar da atriz, que caprichou na pele e na sobrancelha também. Realmente não tinha como errar e eu adorei essa escolha dela.


 Minha favorita da noite foi a Rachel McAdams (ou Regina George, como queiram), do penteado ao vestido e claro, na make. Ela estava linda e super ousada! Se jogou no esmeralda, que valorizou demais seu olhar, tom de pele, cabelo, tuuudo!

Make que assim como as outras era bem básica, com marrom no côncavo, foi arrematada com lápis verde na linha d'água inferior. Já dá para ver o poder do batom cor de boca terá em 2016, né? Pele bem natural e bem construída ao mesmo tempo. Amo!

25 fevereiro 2016

Especial Oscar 2016: Meus filmes favoritos - Parte I

Geeente, Oscar? Mas já? Pois é, a premiação mais aguardada do ano (por mim, rs) está aí! E claro que eu não poderia deixar de vir aqui contar meus favoritinhos (até agora), né? Farei um especial e o dividirei em uma série de posts. Então, aqui vai o primeiro!  Deixei em negrito as estatuetas que acho que os filmes citados merecem.

Lembrando que não sou crítica de cinema, não sou profunda entendedora do assunto e nem nada disso, ok? Sou apenas uma apaixonada pela sétima arte (ui).

Vamos aos indicados? Hahaha...

The Danish Girl ou A Garota Dinamarquesa
O filme está indicado em quatro categorias: melhor ator, melhor atriz coadjuvante, melhor figurino e melhor direção de arte. O longa retrata a história verídica de Lili Elbe, a primeira mulher transexual a realizar cirurgia de redesignação de gênero (vulgo mudança de sexo, termo usado erroneamente). Eddie Redmayne está simplesmente incrível no papel, ele consegue nos colocar perfeita e totalmente no lugar de Lili. A mensagem que o filme passa é incrível: "encontre coragem para ser você mesmo" e é exatamente isso que a personagem passa o filme inteiro tentando fazer. Torço para melhor figurino e melhor direção de arte. É o meu favorito e desculpa, Leo, mas estou torcendo para o Eddie na categoria de melhor ator. <3
Spotlight ou Spotlight - Segredos Revelados
Em Spotlight vemos uma equipe de jornalistas investigativos correrem atrás de uma matéria que foi ignorada e teve seu tema colocado para baixo do tapete e engavetado durante anos, literalmente. É que o assunto era gravíssimo e mexia com o tabu da pedofilia ligado com a maior instituição religiosa dos últimos tempos: a Igreja Católica. Pois é, Spotlight, indicado a seis estatuetas, fala sobre padres pedófilos, o poder da Igreja e as consequências do abuso infantil. Pesado, né? O clima é assim durante todo o filme, o que te prende até saber o desfecho final. O roteiro é original, baseado em uma investigação que ganhou o prêmio Pulitzer e sinceramente, muito bem adaptado. Não vi nenhuma grande atuação e não estou torcendo para as indicações dos atores, mas o roteiro vale o filme. Assitam! As indicações são: melhor filme, melhores ator e atriz coadjuvantes, melhor diretor, melhor roteiro original e melhor montagem. Minha torcida para melhor roteiro original é dele!

Nova Caneta Delineadora Master Precise da Maybelline


A canetinha delineadora da Maybelline existe há um bom tempo (cerca de 3 anos), mas com "boom" de novos produtos da marca (maravilhosos por sinal), me veio o interesse de testá-la, que somou-se ao fim do meu Fluidline da MAC e quando percebi, já estava com ela no meu carrinho na Sephora online.

Creio que seja uma formula nova ou um lançamento mesmo, tanto pelas campanhas publicitárias junto com o lançamento da Master Grafic (delineador em caneta também, só que de ponta bem grossinha), quanto quando comparando com resenhas antigas dela. Vi várias mudanças!

Nunca tive sorte com delineadores nesse formato. Quem Disse Berenice, Avon e O Boticário me decepcionaram nesse quesito. Sempre preferi os delineadores em gel, que acho mais durinhos e consequentemente mais fáceis de ir construindo o formato perfeito. A maioria das pessoas prefere a canetinha pela praticidade e nisso tenho que concondar, é muito rápido desenhar com ela e para o dia-a-dia, é perfeita por isso. Nas produções mais elaboradas, prefiro investir nos de  potinho mesmo, rs.

Resolvi tentar da Maybe (a íntima, rs) também pela marca 'assinar' minha base favorita da vida, a Dream Liquid Mousse.

A primeira impressão ao abrir a embalagem foi com certeza de surpresa, a ponta da caneta é realmente muito precisa: comprida e fininha, vai exatamente aonde você quer que ela vá. Totalmente diferente do que eu já havia testado antes,

20 fevereiro 2016

Resenha: Máscara de Maçã e Canela da Metamorfose (NUTRIÇÃO ÓÓÓTIMA!)

Bom, gente, faz tempo que eu não posto então vim pedir desculpas, hahaha. Em compensação, trago uma resenha rápida porém eficaz de um dos meus cremes capilares nutritivos favoritos!
A máscara de Maçã e Canela da Metamorfose!


Conheci essa máscara pela Duda do Pretty Poison lá no YouTube. Se ela aprova, com certeza o produto é bom, hahah.

Mesmo pagando um frete carinho para o Nordeste (alô Metamorfose, vamo vê isso aí, rs), decidi que valia a pena e comprei. Não é que me apaixonei pelo creme também?

Ele tem minha consistência favorita. Não é nada mole e não chega a ser duro não. Se você virar o pote, a máscara não cai. Fora o cheirinho maravilhoso de canela (que pode incomodar e muito quem não é fã, isso manteve minha irmã longe do meu queridinho,rs).

02 fevereiro 2016

Comparando (meus) iluminadores da M.A.C


Vamos falar de um dos melhores itens do mundo da maquiagem? Bom, pelo menos pra mim, o iluminador é um item que não pode faltar naquela pele bem construída e perfeita que uma produção mais elaborada pede. Pode vir em pó, líquido, creme ou bastão, ele sempre será o elemento de luxo do nécessaire.

Hoje eu trouxe um comparativo dos quatro amores que tenho na maleta. Todos da M.A.C, marca que tem aquele custo benefício maravilhoso e uma proposta única de se adequar a todos os tipos de pele.
No fim do post, mostro uma sombra iluminadora maravilhosa (AND nacional) para você que assim como eu, ama uma make cara de ryca, hahaha.

Bora lá?

Eu sempre quis ter um iluminador da linha Mineralize, em especial, o Soft And Gentle (queridinho de MUITA gente). Como toda boa iniciante no mundo da maquiagem, pesquisei muito e nessas pesquisas (oi 2Beauty e Temptalia ) me apaixonei pelo Belightful, iluminador em pó compacto da marca. Ele tem um tom champanhe puxado para o bronze, meio cor de pele, sabe? Lindo e discreto. Discreto até demais! Mas iluminador é muito de ocasião e esse se encaixa perfeitamente na categoria de maquiagem para o dia-a-dia. Não de todo dia, mas de um dia mais especial. Deu para entender? Rs. Olha que bonito: